Comportamento

A última carta que eu não mandei

cartas-antigas

Contando com essa, são cento e duas cartas que eu nunca enviei. Sem contar os milhares de rascunhos que ainda estão perdidos por aí. Você nunca pararia seu tempo para ler.

Para ser sincera, não lembro de todas as palavras que estão escritas, mas acredito que a maioria descreva seu jeito tímido, o cabelo bagunçado, o sorriso de canto e a sua expressão quando percebia que algo me incomodava em você.

Talvez eu tenha falado sobre seu perfume, um ou dois abraços e quando desabafou sobre suas inseguranças, assuntos que nunca tocamos antes.

Nunca entendi meus sentimentos. Não sei, acho que foi uma mistura de amizade, companheirismo e a vontade de “nós” ser algo real. Acreditei que o que eu procurava estava em você, mesmo sem saber que o que eu mais precisava estava dentro de mim.

Sabe, eu tinha medo de como seria quando eu falasse de amor e não fosse sobre você, mas percebi que posso encontrar ele em outros endereços e em outros olhos, mesmo que estes não me lembrem a jabuticabas.

Houve um tempo que esse sentimento me fez bem. Agradeço pela inspiração, devo alguns textos a você. Me desculpa a rispidez entrelinhas ou as mágoas nada subentendidas, todo amor tem suas decepções.

Não é com amor, mas com uma pequena saudade daquele tempo e de tudo o que vivemos,

quem mesmo longe, deseja que você seja feliz.

 

Nós poderíamos dar certo

texto00

Nós poderíamos dar certo se você não andasse para direita enquanto eu dou meus tropeços para a esquerda. 

Nós até ficaríamos juntos se você ficasse acordado até o sol nascer e eu não acordasse quando ele se põe.

Nós daríamos mais gargalhadas se aquele final de semana na praia não fosse confundido com o fim do mundo, cheio de raios e trovões. Não queria nem falar sobre as horas perdidas na estrada, por causa da sua cabeça dura de não pedir ajuda e confiar em lembranças de quando você tinha cinco anos e fez uma viagem em família, mesmo quando você não consegue nem ao menos decorar o número do seu RG ou o aniversário dos seus três irmãos. 

Nós falaríamos mais, se você não deixasse o celular perdido pela casa, do lado da sua carteira, próximo do seu casaco que está em cima do notebook, sempre que eu tiro do modo silencioso.  E você ainda briga comigo, mas faço isso para poder me concentrar.

A culpa é toda sua! Eu poderia me concentrar mais, se você não me tirasse a atenção a cada lembrança sua que tenho durante 24 horas do meu dia, sete vezes por semana e nem estou contando as vidas passadas. Ai aparece aquele sorriso bobo, seguido de um suspiro alto e a vontade de pedir para você voltar, para ficar e permanecer.

Você me deixa assim, mais louca do que já sou. Me embaraça e me tranquiliza, com a sensação de que tenho tudo sobre controle ao mesmo tempo que nada está ao meu alcance. 

Nós poderíamos nos abraçar mais se você não fosse sinônimo de liberdade e se livre não fosse um adjetivo entre aspas para esse relacionamento.

Aquele que poderíamos ter se você não tivesse o mesmo nome dos outros, o mesmo signo, tinha que ser de câncer, e trejeitos. Perseguição minha, talvez. Mas, tudo bem! Assumo a responsabilidade, tenho todas a indecisões e paranóias de uma boa geminiana. 

Devem ser as estrelas, os planetas, todo o universo. Tudo bem, tudo bem! Deve ser só essa vontade do meu coração grudar com o teu e deixar o sentimento entrar, deixar ele transbordar.

 

Olá correria!

Como comentei pra vocês, semana passada começaram as minhas aulas, então voltei a minha rotina corrida de sempre. Claro que agora ela está um pouco mais corrida, comecei um curso de francês, tenho o quadro no Galera 79 e daqui a pouco voltam as aulas de inglês. E eu ainda tive que ouvir piadas sem graças do meu pai sobre como vai ser engraçado quando eu começar a confundir as duas línguas, piadas que só ele achou engraçadas UASHUSAHU

Eu não vou mentir, não sou organizada, tô bem longe disso! Mas a minha bagunça é organizada sim, sei o lugar de tudo! Demoro uma hora mas acho o que preciso. Pelo menos no trabalho eu sou viu? Até para não perder tempo e ficar com todas as minhas tarefas em dia. Resolvi relembrar uma meta antiga de final de ano e vou tentar me organizar o máximo possível em 2014, tô prometendo o impossivel, mas ok.

Decidi contar e dar algumas dicas de como você pode organizar melhor a sua vida e a sua rotina, espero que ajudem vocês!

agenda

1. AGENDAS/CADERNINHOS

Pelo menos disso eu sempre tive mania, sempre carreguei um caderninho pra baixo e pra cima. Esse ano resolvi ter um caderninho para cada atividade: blog, agenda pessoal, programa Galera 79 e um para anotações aleatórias de sempre (também sou exagerada, mas tá me ajudando demais). Os moleskines sempre foram os meus amadinhos <3 O melhor da agenda é que você se organiza para não perder nenhum compromisso ou confundir horários e marcar dois ao mesmo tempo e virar aquela confusão, também é ótimo para anotar um planejamento do salário/mesada. É sempre bom guardar um pouco de dinheiro para viajar com os amigos ou comprar aquele objeto desejo de sempre. Obs: eu não entendo como jornalista arruma tanto papel, chega a brotar anotações na minha mesa UHASHUASUH de verdade, deve ser o amor com a profissão e a escrita, só pode.

2.  LISTA/PLANEJAMENTO

Sou aloca do planejamento, a isinha minha amiga, diz que eu já resolvi a minha vida por uns dez anos  UHAHUASHU nada nunca sai tão certinho como o planejado, não que eu também viva de expectativas, mas eu gosto de pelo menos ter um rascunho dos caminhos que eu quero seguir e onde eu quero estar daqui um tempo. É só mais uma das minhas manias chatas também UHASHUASUH. Bom, mas se eu vou viajar, gosto de ler sobre o lugar e anotar não só as principais atrações turísticas, mas dicas de quem já visitou/morou, assim não esqueço de visitar nada e também conhecer o máximo possível do lugar. Listas são fundamentais para pessoas esquecidas como eu, seja lista de supermercado, compras ou até mesmo de tarefas. Na época do colegial eu sempre anotava tudo o que eu tinha que fazer com as ordens certas das datas (só nos primeiros dias de aula, claro né UHASHUSH).

3. ORGANIZAR HORÁRIOS

Eu preciso começar a ser mais pontual pra ontem! No final do ano quase estraguei um aniversário surpresa :/ Quero organizar melhor os horários e o meu tempo também, ainda mais que o trânsito de Ribeirão tá quase igual o de São Paulo.

4. DORMIR/ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL/EXERCÍCIO FÍSICO

São fundamentais para nossa saúde. Confesso que durmo muito pouco, culpa dos meus horários complicados, mas enrolo demais para dormir, nesse calor então, é quase uma missão impossivel. Comecei a me alimentar melhor, já até contei nesse post aqui pra vocês, e fez total diferença na minha disposição, o mesmo para o exercício físico. Ah! Se você não tem tempo para academia, começa a caminhar, vai passear com o seu cachorro, vai correr na rua ou pratique um esporte, o que não vale é ficar parado!

5.SAIR COM MEUS AMIGOS

Nem tudo na vida é trabalhar/estudar também né! Eu sempre acabo sumindo no começo do ano e sempre recebo aquelas mensagens: vamos sair, você some, para de chatice. Mas depende da época também, tem mês que quero balada todo final de semana e outros que prefiro um bom filme/série na tv. Todo mundo tem seus momentos né?

Sei que o que pode dar certo pra mim, pode não bater com vocês, mas espero ter ajudado um pouco.

E você, tem algumas dicas de como eu posso me organizar melhor? Comenta aqui em baixo pra mim! beijos <33