Começo de junho, mês dos namorados e muito amor pelo ar. Então vamos falar sobre filmes românticos! Já que eu gosto de falar muito, separei três dos meus filmes românticos preferidos e além das dicas dos filmes, aproveitei a deixa para falar sobre o que eu levei deles comigo.

large (2)

 

Três vezes amor é o exemplo de filme que eu demorei muito tempo para assistir e quando vi nunca mais soube me perdoar por ter perdido tanto tempo. Ryan Reynolds é Will Hayes, um assessor político divorciado, que vive em Manhattan com sua filha Maya que quer a todo custo saber como os pais se conheceram e se apaixonaram. Percebendo que não vai escapar, ele decidi contar a história de três dos seus relacionamentos passados, dando detalhes de cada uma das mulheres sem falar o nome delas para que a filha adivinhe qual das três é sua mãe. (Nós sempre temos a chance de recomeçar. Você não precisa enterrar o seu passado, existem momentos que um reencontro pode ser o amor que está batendo na sua porta outra vez pra viver tudo o que foi interrompido uma vez)

Não dava para deixar as histórias do Nicholas Sparks de fora, já que são maravilhosas de lindas. Foi difícil escolher apenas uma, mas tá, escolhi Diário de uma Paixão também conhecido por aquele filme que você vai chorar tudo o que nunca chorou na vida inteira sempre que ele passar na TV, então quando for preparar a pipoca, já pega alguns lenços juntos. A história é narrada a partir do dia de hoje por um homem idoso contando o conto a uma colega residente do lar de idosos. Esse conto é sobre Allie e Noah (os atores Rachel McAdams e Ryan Gosling namoraram um bom tempo depois do filme, quem mais ama casais da ficção que viram reais? <3 ), um jovem casal que não possuem nada em comum mas que se apaixonam em um verão, após o Noah praticamente se pendurar na roda gigante e falar que só desceria quando ela aceitar sair com ele. (O amor não é algo que nós encontramos no dicionário, ele vai ser sempre maior do que tudo o que imaginamos que deva ser. Vocês são diferentes, pensam diferentes e possuem gostos diferentes. Não vai ser fácil, ninguém nunca disse que seria não é mesmo? Do mesmo jeito que terão momentos bons, terão momentos difíceis e outros piores ainda. Mas no final da tarde quando você sorrir e ganhar sorriso em troca, você vai perceber que está tudo bem, vocês passam por cima de qualquer obstáculo, até porque você faria de tudo por ela)

Eu assisti esse filme no cinema com umas amigas e fui a única pessoa que saiu chorando aos prantos do cinema, teve até um casal que ficou me olhando do tipo: que pessoa louca, o que deu nela? Oh o filme não é de chorar como o último não, mas eu tenho o coração mais mole do que uma manteiga derretida e eu achei tão fofa a história que não me aguentei. A Sophie viaja com o noivo para Verona, cidade da história Romeu e Julieta, para uma pré lua-de-mel. Andando pela cidade ela descobre um lugar onde as pessoas deixam cartas amorosas pedindo ajuda a Julieta e começa a ajudar as voluntárias que respondem essas cartas, entre elas, uma carta escrita em 1957 de uma senhora chamada Claire. Depois de uns dias, Sophie recebe a visita de Charlie, neto de Claire, contando que a avó foi até a Itália para seguir o seu conselho e procurar Lorenzo, seu verdadeiro amor. Imagina começar do nada a procura do seu amor da juventude? E eu não vou falar mais porque sou ótima para deixar escapar spoilers. (” ‘E’ e ‘se’ são palavras que, por si, não apresentam nenhuma ameaça. Mas, se colocadas juntas, lado a lado, elas têm o poder de nos assombrar a vida toda”. Se você nunca tentar, vai ficar a vida inteira remoendo pensando em como teria sido. Tenha coragem, vale a pena arriscar e até percorrer o mundo se for preciso. O amor não tem data de validade)

 

Ah! O amor também prega peças na gente, aparece quando quer e onde bem entender. Então não feche os olhos, muitas vezes nós não enxergamos aquilo que está a baixo do nosso nariz ou escondido em suspiro bobo hein?

Desculpe se ficou grande. Prepara a pipoca, a boa companhia e pegue uns lenços extras. Bom filme pra vocês <3

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *